Ingredientes Para Cachorro Quente Completo ou Simples: Tudo Que Precisa

Os ingredientes para cachorro quente completo são algo tão comum que, ao mesmo tempo, pode assumir tantas formas quantas cabe na imaginação do ser humano.

Primeiro vamos conhecer esses ingredientes para cachorro quente simples e depois todos os que poderá acrescentar a fim de dar uma melhorada na sua receita e ter um cachorro completo.

Para fazer o cachorro quente ideal não precisa apenas de ingredientes: vai ter de saber montar na forma correta e adaptar aos seus ingredientes preferidos.

Os ingredientes para cachorro quente simples

Como qualquer receita que chega até nós, o cachorro quente também tem a sua história de criação. O que importa aqui é você dominar a base, composta pelos ingredientes para fazer um cachorro quente simples. 

Lembre-se, a qualidade do produto final depende, diretamente, da qualidade de cada ingrediente que você usa. Tenha sempre em atenção este ponto quando for às compras.

Tudo começou apenas com o pão e a salsicha à qual se juntam os molhos. Então estes são os dois primeiros ingredientes para cachorro quente que merecem a nossa atenção.

O pão

Se você quer um cachorro quente de qualidade, escolha um pão de qualidade. O mais importante é que seja comprido, estilo baguete.

Essa forma é essencial para que você possa colocar a salsicha ao longo do pão e ter aquele aspeto tão tradicional que se conhece num hot dog.

Você pode encontrar no mercado um pão específico para cachorro quente que é ideal, mas, se gosta do pão francês, pode usá-lo à vontade.

A salsicha

Não há cachorro quente sem salsicha. Sendo este ingrediente basilar, esmere-se na sua compra. Procure salsichas aproximadamente do tamanho do pão que vai usar.

Impressione os seus convidados com os melhores livros (eBooks) de receitas

Tente mais que um tipo até você encontrar a salsicha que mais gosta para fazer o seu cachorro quente.

Aqui vale acrescentar que, em alguns lugares, a salsicha é substituída pela linguiça, apenas por uma questão de sabor.

Tal como o nome da receita diz, a salsicha deve ser servida bem quente. Para aquecê-la, você pode escolher um dos três processos seguintes:

  • grelhar a salsicha;
  • colocar a salsicha em água a ferver;
  • juntar a salsicha ao molho de tomate que falaremos mais à frente.

Ingredientes para cachorro quente tradicional

A evolução das receitas de cachorro quente levaram à popularização de alguns ingredientes que são indispensáveis para um hot dog um pouco mais elaborado.

Ao dar a primeira mordida no seu cachorro quente, você espera um misto de sabores e texturas que explodem em sua boca, oferecendo um prazer único.

O molho espalha-se por todo o cachorro, envolvendo cada ingrediente e trazendo uma arrebatação de sabores. Vejamos os molhos mais comuns usados como ingredientes para um cachorro quente tradicional:

Mostarda

A mostarda é indispensável. Você deve usar uma mais aveludada, caso goste de mostarda suave. Pode optar por uma mais intensa, mas aí terá que dosar de acordo com toda a combinação de sabores que quer, para que a mostarda não abafe os outros ingredientes do hot dog.

A mostarda dijon é muito forte e apenas deve ser usada caso queira dar um toque mais gourmet ao seu cachorro quente, conhecendo perfeitamente, os efeitos que esse elemento provoca.

Maionese

Seja caseira ou de compra, simples ou aromatizada, a maionese é indispensável para que você tenha um cachorro quente fantástico.

É por onde começa a maior parte das receitas, colocando, no pão, uma dose abundante deste componente.

Ketchup

Mais um ingrediente que é simples e que é quase indispensável para acompanhar o seu cachorro quente tradicional. Ele dá cor, vida e sabor.

Estes 3 molhos simples podem ser usados todos ao mesmo tempo em seu cachorro quente. Aproveite para colocá-los em forma de ziguezague, que permite ficar mais bonito e o sabor, assim, percorre todo o cachorro.

Em alternativa, numa taça, você pode adicionar os 3 molhos, nas quantidades que preferir e misturar bem. Depois é só colocar uma parte antes da salsicha e outra por cima.

Molho de tomate

Esse molho de tomate é muito usado por quase todo o Brasil. Embora os ingredientes possam ser ligeiramente diferentes, de região para região, a base é a mesma:

Ingredientes:

  • 1 cebola média;
  • 3 tomates médios bem maduros;
  • 3 colheres de azeite;
  • Sal e pimenta q.b.;
  • 1 ramo de cheiros;

Preparação:

  • Pique a cebola e o tomate.
  • Coloque o azeite na panela e, quando estiver bem quente, acrescente a cebola.
  • Mexa de vez em quando até começar a ficar transparente.
  • Adicione o tomate e envolva.
  • Tempere com o ramo de cheiros, sal e pimenta.
  • Deixe apurar cerca de meia hora em fogo fraco.
  • Retifique os temperos e está pronto.

Este molho de tomate pode ser enriquecido de acordo com os gostos pessoais. Conheça uma lista de 5 legumes e vegetais que poderá usar para o efeito:

  1. cenoura,
  2. alho porro,
  3. pimentão,
  4. abobrinha,
  5. cebola roxa.

Adicione os que quiser juntamente com o tomate, depois de picar finamente. Se tem outros que gostaria de acrescentar, experimente e depois nos conte como correu.

Outra opção é você enriquecer este molho com carne picada e fazer assim, um molho de carne picada. Essa opção é muito comum em algumas zonas do Brasil.

Para isso, você só precisa de acrescentar a carne uns 10 minutos depois de introduzir o tomate e os legumes que escolher. Tenha cuidado para misturar bem, para que a carne fique solta.

Batata palha

A batata palha é um daqueles ingredientes quase universais nas receitas dessa delícia. Ela dá textura, apresentando crocância que contrasta, na perfeição, com os molhos falados acima.

É importante este ser um dos ingredientes finais da composição, para não ficar demasiado tempo em contacto com o molho e permanecer estaladiça.

Molho vinagrete

Este molho é bem típico no cachorro quente brasileiro. Para o fazer, você pega em tomate maduro, uma espécie bem saborosa, e corta miudinho.

Depois pode adicionar uma cebola pequena bem picadinha e temperar tudo com azeite, muito vinagre e sal. Deixe repousar para apurar. Depois é só usar.

O objetivo deste preparado é dar um toque de acidez à receita.

Chucrute

O chucrute é uma couve fermentada. Ela pode fazer parte da sua receita de cachorro quente, para substituir o vinagrete e dar o toque ácido.

Em alguns casos, ela apresenta alguma crocância e muitas pessoas optam por não usar a batata palha quando usam chucrute.

Experimente, só você saberá qual é a melhor receita para si. Este elemento é um dos mais antigos na história dos ingredientes para cachorro quente.

Pickles

Os pickles mais usados para um cachorro quente são os de pepino. No entanto, os de couve flor combinam na perfeição e ainda apresentam uma textura que contrasta com a salsicha e surpreende.

Mas não se detenha apenas nestes dois. Veja qual é o seu preferido e teste. Pode ser que nasça uma receita maravilhosa dessa experiência.

Os pickles são fáceis de fazer em casa, mas, se não tiver oportunidade para isso, você pode comprar os da sua preferência. Lembre-se de os acrescentar na sua lista de compras.

Milho

O milho é um ingrediente quase universal. Em qualquer parte do mundo, se você encontrar um vendedor de cachorros quentes, pode pedir milho para o seu.

O milho combina bem com os sabores do cachorro quente e acrescenta cor e dá um toque mais saudável.

Bacon e presunto

Para dar ainda mais sabor, você pode tostar ligeiramente estes ingredientes e depois polvilhar a sua salsicha com eles. Dão crocância, sabor e aquele toque mais radical à sua receita.

Ingredientes para cachorro quente completo

Depois de vermos ingredientes para um cachorro quente simples e para um tradicional, temos de olhar para o que é preciso para fazermos um mais completo.

O estilo de cachorro quente a fazer depende de si e dos seus gostos. Algumas pessoas gostam de algo mais simples, enquanto outras querem o seu cachorro bem recheado.

Ervilhas

Esse elemento já é mais específico. Em alguns lugares não há hot dog sem ervilhas, noutros soa a um ingrediente estranho.

A decisão é simples: você gosta de ervilhas? Então coloque. Não aprecia? Nem precisa mais pensar no assunto.

Requeijão cremoso

Geralmente fala-se em catupiry. Essa opção de ingrediente é típica do Brasil.

A maior parte das receitas apresenta este elemento, umas vezes como opção, outras vezes como um ingrediente principal. Tal como todos os outros ingredientes, você só tem que usar se gostar e se faz sentido para si.

Purê de batata

Indispensável para uns, estranho para outros, o purê de batata é um ingrediente para cachorro quente finalizador de muitas receitas.

Com uma espátula, colocado por cima do último ingrediente, geralmente a batata palha, o purê de batata sela o hot dog e não deixa todos os componentes se espalharem.

Pode ser salpicado com parmesão e depois come assim ou coloca na chapa para gratinar. Qualquer opção é saborosa, escolha a que mais gostar.

Queijo

Além do parmesão, você pode acrescentar outros queijos na sua receita. Se a sua intenção é gratinar ou prensar na chapa, o queijo vai derreter e envolver-se com todos os outros sabores.

Outra sugestão é colocar na maionese cubinhos pequenos de seu queijo preferido e envolver.

Salada de alface

Criticada por muitos, pois hot dog não é para ter a pegada de comida saudável, ela é também amada por outros.

A salada de alface ou mesmo de outras folhas pode ser usada como um dos ingredientes em um cachorro quente completo, quer para incrementar o sabor, quer para aquele descargo de consciência de que estamos a fazer uma grande asneira ao comer o cachorro quente.

Receita de cachorro quente completo

Recipe by Rita Dias

Essa receita de cachorro quente é bem fácil de fazer e fica bem completa apesar de não usarmos todos os ingredientes possíveis, pois até ficava de mais.

Ingredientes

  • 4 Pães de cachorro

  • 400g Salsicha

  • 1 Cebola

  • 1 Tomate

  • 1 caixa Creme de leite

  • 1 copo Extrato de tomate

  • 1 copo Água

  • 2 colheres de chá Manteiga

  • Batata palha a gosto

Instruções

  • Comece por reunir todos os ingredientes que vai usar nessa receita de cachorro quente completo.
  • Pique a cebola e o tomate e leve tudo a refogar na manteiga.
  • Adicione o extrato de tomate e as salsichas e deixe cozinhar algum tempo até ficar a seu gosto.
  • Acrescente a água e deixe o molho ferver até ter a consistência que prefere.
  • Junte o creme de leite e deixe reduzir.
  • Monte o seu cachorro quente e coloque a batata por cima.

Montando seu cachorro quente

Depois de conhecermos todos os ingredientes a usar num cachorro quente, é a hora de montar tudo na ordem certa para ter o melhor sabor.

As salsichas devem estar quentes. Comece por aí e escolha o método que mais gostar para as aquecer. Pegue no pão e corte-o ao comprido, sem separar as partes.

Comece, sempre, por colocar um dos três primeiros molhos que falamos no início. A maior parte das receitas começa pela maionese, pode fazer o mesmo.

Depois pegue na salsicha. Tem que ter em conta que deve ter salsicha ao longo de todo o pão, logo, se elas forem pequenas, use quantas forem necessárias.

Com a salsicha já no pão, é hora de colocar um molho. Se optar pelo molho de tomate, use cerca de 2 colheres de sopa.

A partir deste ponto, qualquer que seja o ingrediente, a medida será sempre uma colher de sopa cheia,

Depois do molho, simples ou mais elaborado, é o momento de escolher um elemento ácido. Apresentamos o vinagrete, os pickles e o chucrute. Escolha um desses ingredientes para cachorro quente mais completo.

Pode, após isso, polvilhar com o milho, as ervilhas, o bacon ou o presunto, ou saltar este passo. Entretanto, coloque mais molho, catupiry, ketchup, mostarda ou maionese.

Termine com a batata palha.

Se quiser selar coloque um pouco de queijo por cima e deixe derreter na chapa para acomodar os ingredientes, fazendo com que não saltem quando for comer. Pode também fazer o mesmo com purê de batata.

Outras receitas:

Veja mais receitas deliciosas no nosso livro de receitas e impressione todos os seus amigos e familiares. Clique na imagem para saber mais.

Rita
Rita é a administradora do blog BrasilcomSabor. Aprendeu a cozinhar em workshops e na Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril antes de passar a trabalhar em hotéis de 5 estrelas e passar por restaurantes com estrelas Michelin.